5 Práticas para aumentar o engajamento nas redes sociais de entidades
Entidades Marketing

5 práticas para aumentar o engajamento nas redes sociais da sua entidade

As redes sociais tem o poder de amplificar a visibilidade das suas ações de marketing dentro da entidade, alcançando mais alunos, gerando engajamento e assim mostrando para mais gente o trabalho que está sendo feito.

Já ficou evidente que o Marketing Digital veio para ficar e elas serão a sua maior arma para ter sucesso nesse meio, certo?

Porém, o que talvez você ainda não saiba é que além de estar presente nas redes sociais (que nessa altura do campeonato já é uma tarefa básica), é necessário também ENGAJAR o seu público nelas.

Não sabe o que é engajamento?

Não se preocupe, vamos te ensinar o que isso significa e, além disso, como aumentá-lo e crescer a influência da entidade na sua faculdade.

O que é engajamento?

No universo do marketing, engajamento é o conceito que indica o grau de participação e relacionamento entre uma empresa e seu público-alvo

Pense em um cenário em que determinada atlética está presente nas principais redes sociais, postando conteúdo diariamente, como deve ser feito. As artes das postagens são maravilhosas (aquele calouro-prodígio destruindo no pacote adobe) e a divulgação do conteúdo está pesadíssima.

Mas as curtidas só pingam, os comentários são raros e compartilhamentos não existem.

Engajamento quase zero.

A atlética fala sozinha com o seu público. E o silêncio nesse caso já é, por si só, uma resposta negativa dos alunos.

Para evitar esse tipo de falha, é essencial ter uma estratégia eficiente nas mídias sociais. Só assim você consegue atrair realmente a atenção da audiência e alavancar as vendas de produtos, serviços e ideias!

Quer saber por onde começar? Então pegue o caderno e a caneta e confira a seguir as 5 práticas essenciais para aumentar o engajamento aí na sua atlética!

5 práticas para aumentar o engajamento nas redes sociais da sua atlética

Conheça o seu público-alvo 

Público alvo

Um dos maiores erros de qualquer prática de marketing é falar sem saber para quem está falando.

Por isso, toda ação nesse sentido deve ser feita conhecendo bem o público que será atingido por ela.

Apenas definir um grupo de pessoas (como “alunos”) não é muito efetivo nesse caso, pois não dá profundidade suficiente para construir a sua estratégia.

Além das informações básicas, você precisa entender quem são as pessoas reais do outro lado da conversa.

Qual é a idade média do público em questão? Qual é o gênero predominante? Que hábitos crenças são comuns entre as pessoas dele?

Uma dica que facilita essa visualização é desenhar com o seu time uma representação do seu consumidor ideal. Um personagem com nome, idade, ofício, sonhos, desafios, objetivos, hábitos e hobbies.

Uma pessoa “de verdade”, não generalizada. Dessa forma fica mais fácil entender com quem a sua entidade deve dialogar e qual tom utilizar.

Crie e compartilhe conteúdo de valor 

Crie e compartilhe conteúdo de valor

Conteúdo é tudo.

Se você pensa que a sua audiência está nas redes sociais só para ver meme, acompanhar os famosos e falar com os amigos, você não poderia estar mais enganado.

Além de tudo isso, o seu público espera que você dê algo de valor para ele.

Seja uma dica, a resolução de uma dúvida, um tutorial ou mesmo uma mensagem de motivação, as pessoas vão parar para prestar atenção se você der algo que as ajude ou resolva um problema que elas possuem.

Com o tempo, a entidade vai se tornando parte da vida dos alunos e no momento em que você oferecer um produto ou divulgar uma festa, com certeza o apelo será muito maior e também os resultados da ação de marketing. Compartilhe conteúdos próprios ou de fontes relevantes que possam acrescentar algo a eles, assim você consegue aumentar o seu alcance no meio digital, engajar mais e ficar na memória da audiência.

Mas não esqueça de criar o conteúdo baseado no público-alvo que você identificou.

Antes de começar, sempre se pergunte: “o meu público acharia a publicação relevante a ponto de deixar um like, comentário ou compartilhamento?”

Use e abuse das imagens e vídeos 

Imagens e vídeos

Essa prática é uma das mais importantes da lista.

Sabemos como é mais fácil compartilhar links, textos ou conteúdos mais “rápidos” para o criador. Porém, no meio digital, quem aposta no visual é quem sai na frente, Vídeos, GIFs, imagens e infográficos devem ser sempre priorizados para atrair a atenção dos seguidores da entidade.

Posts desse tipo performam até 4 vezes melhor que o famoso “textão”.

Caso não dê para fugir do formato texto, uma dica é compartilhá-lo na legenda de uma imagem, por exemplo.

Se o conteúdo for mais profundo, é recomendado ter um blog para direcionar o público para um espaço próprio de imersão, sem distrações.

Outra recomendação é sempre publicar esse tipo de conteúdo audiovisual direto na plataforma, sem pegar o link da publicação que foi feita em uma rede social e compartilhá-lo em outras.

O alcance com certeza será muito maior!

Para você ter ideia, uma pesquisa da breadnbeyond mostra que 82% de todo o tráfego de consumidores na internet virá de vídeos online até 2022.

Muita coisa, né?

Capriche nas legendas e nas chamadas 

Legendas e chamadas

Outra forma de captar a atenção do seu público e aumentar o engajamento é apostar nas legendas de impacto e chamadas de ação.

Opte por legendas de impacto e que aguce a curiosidade do seu público. Ela deve ser muito bem pensada do início ao fim, com uma linguagem fácil e que provoque aquele “incômodo” no leitor.

Emojis aqui caem muito bem para estimular reações.

Além disso, na própria legenda, você pode usar as famosas “CTA’s”, as Call To Actions, conhecidas também como chamadas para ação.

Convide a audiência para seguir a página da entidade, curtir o post, deixar um comentário, marcar amigos ou mesmo conferir os outras postagens de assuntos que fazem relação com o que está sendo publicado.

Use a criatividade!

Tenha um calendário de conteúdo 

Calendário

Um dos grandes inimigos do bom engajamento nas redes sociais é a criação de posts sem planejamento, em cima da hora.

Para se dar bem com conteúdo na internet, a sua entidade precisa se organizar. Afinal, nem todo dia você terá uma ideia brilhante para um novo post.

Prepare tudo com antecedência, crie uma planilha com os dias da semana, o que será publicado em cada dia e em qual lugar.

Algumas ferramentas são uma mão na roda nessa etapa, e o Diretor de Marketing deve sempre estar de olho nisso.

Vai ficar muito mais fácil ter ideias de conteúdo e criar materiais de qualidade, que realmente caiam no gosto da galera.

Quer dar um gás maior ainda no seu engajamento? Tire benefício das informações de publicações já feitas, identificando em quais dias e horário os posts performam melhor e quais tipos de postagem possui mais curtidas, comentários, marcações e compartilhamentos.

Anotou tudo? Então chega de enrolação e comece hoje a estruturar a sua nova estratégia de marketing de mídias sociais da sua entidade!

E não esquece de compartilhar esse post com o time, com todo mundo por dentro do plano o resultado é muito maior!


Gustavo Mani | Graduando em Administração pela FEA-RP USP.
É especialista em Marketing Digital e empreendedor, tendo fundado a empresa Marketing do Futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *