Entidades

Entidades sociais e o impacto em seus membros

Entidades sociais e o impacto em seus membros é o nosso assunto de hoje! Depois de passar o mês de março focando nossos conteúdos em dicas para a sua entidade, agora, vamos trazer um novo tópico para o nosso Blog: As Entidades Sociais! 

Primeiramente, nós devemos começar criando uma visão mais ampla de toda a situação. Ou seja, queremos começar reconhecendo o privilégio de poder cursar o ensino Superior no Brasil. Se você estuda no ensino particular, ou no ensino público, está tendo acesso à educação e a sua formação profissional, e com certeza, essa é uma realidade distante para a grande maioria de pessoas no nosso país. 

Ao reconhecermos isso, é interessante refletir sobre o nosso dever de dar um retorno para a sociedade. De certa forma, esse retorno virá quando você estiver preenchendo sua vaga no seu campo de atuação. Entretanto, estamos falando de um impacto social, que ajude a transformar a vida de pessoas que vivem em situações opostas da sua. 

Por isso é tão importante falarmos sobre as entidades sociais. O terceiro setor (constituído por organizações sem fins lucrativos e não governamentais, que tem como objetivo gerar serviços de caráter público) é crescente, e precisa de pessoas experientes para lidarem com diversos desafios. Em outras palavras, estudantes universitários são excelentes pessoas para dar continuidade nesses projetos e aumentar o impacto dos mesmos na sociedade. 

Entidades sociais e o impacto em seus membros: Conheça realidades.

Conheça realidades

Acima de tudo, conheça as realidades! Ao cursar uma faculdade, é comum que as pessoas já agreguem diferentes bagagens e histórias de vidas totalmente diferentes dentro de uma mesma sala de aula. 

Isso continua dentro das entidades! Alguns trabalham para conseguir se sustentar, dependem de auxílios e possuem um limite de dedicação para os projetos. Por isso, busque sempre compreender e entender as realidades distintas. 

E tudo isso se expande ainda mais quando falamos das entidades socias. Elas geralmente possuem uma missão direta que visa ajudar pessoas e comunidades carentes, de infinitas formas diferentes.   

Ou seja, o primeiro grande impacto em participar desse tipo de projeto, é expandir a sua visão de mundo! Você só sabe como ajudar minimamente, quando vai a fundo e conhece as realidades das pessoas. 

Entidades sociais e o impacto em seus membros: Desenvolver o pensamento social e inclusivo

pensamento social e inclusivo

Cada um de nós tem uma história de vida, um pensamento crítico. Entretanto, ao longo da vida, adicionamos novos personagens, novas cenas e tudo vai se transformando. Portanto, é fundamental que você abra espaço para as vivências da Universidade, principalmente as Entidades Sociais. 

Isso porque, são elas que vão te conectar com outros meios, dessa forma, transformando o seu pensamento crítico. Para conhecer de verdade as desigualdades, a falta de oportunidades iguais, só existem duas maneiras: Ou você passou por isso, ou precisa de alguma maneira, ver com os seus próprios olhos. 

Por isso, se você está lendo mais um artigo nosso, estoure a sua bolha! Com toda a certeza, você tem potencial para se engajar em uma entidade social, e promover mudanças na nossa sociedade. 

Esse é o primeiro passo para que você possa desenvolver uma sociedade mais igualitária, e esse é com certeza, um desejo da grande maioria dos estudantes! E ao desenvolver esse pensamento durante a sua graduação, nós podemos te garantir: Você levará isso pra toda vida! 

Entidades sociais e o impacto em seus membros: Integrando Social e Empresarial

Integrando Social e Empresarial

“Cês pensaram que a gente não ia falar de profissionalismo hoje, né?” Não tem como fugir desse tópico, nunca! Até mesmo porque, nós sabemos que o motivo que você mais usa para os seus pais, tentando justificar seu esforço nos projetos da entidade é “isso me ajuda profissionalmente!”

E como ajuda! 

Por isso, quando falamos sobre entidades sociais, também é fundamental destacar a capacidade que elas possuem de agregar conhecimentos e vivências de diversas formas diferentes. 

Mesmo tendo seu foco voltado para atividades não lucrativas, elas também precisam de caixa para realizar seus projetos. Ou seja, todos os pontos de organização, motivação e gestão se tornam tão válidos como qualquer outra entidade estudantil. 

Portanto, além de desenvolver seu pensamento crítico e inclusivo, você também crescerá como profissional, vivenciando na prática os desafios de uma organização voltada para as transformações sociais e auxílio. Também irá gerir problemas, como por exemplo, engajamento de membros, conseguir parcerias com empresas, planejar suas trocas de gestões. E tudo isso complementa ainda mais o seu perfil! 

Quanto mais projetos, melhor! 

Em suma, queremos que você compreenda a importância das entidades sociais e seus projetos. E jamais tenha o foco nos impactos que elas causam apenas nos membros! Acima de tudo, o projeto nasce com o intuito de impactar outras pessoas! O que acontece com você e seus membros, é apenas uma consequência. 

Por isso, se você faz parte de uma entidade que não possui um objetivo principal relacionado ao social, procure construir projetos paralelos ou até mesmo realizar parcerias com entidades sociais, dessa forma, você fortalece ambas!

Hoje, podemos notar um aumento de entidades que desenvolvem internamente a sua área “social”. E isso é fundamental! Os projetos de arrecadação e impacto em comunidades, sempre é bem vindo! 

E se você ainda não tem muito contato com esse tipo de atividade, pode começar pelas mais básicas e fáceis de executar, por exemplo, a arrecadação de chocolates para distribuir em casas de repousos, orfanatos e creches. As datas comemorativas são ótimas oportunidades para pensar em diferentes formas de ajudar o próximo! 

Dê o seu melhor!

Em síntese, não queremos que as pessoas desenvolvam atividades e parcerias com entidades sociais visando benefício próprio e crescimento profissional. Como já dissemos anteriormente, isso é apenas uma consequência, que deve ficar em segundo plano. 

Foque em ser profissional na organização da sua entidade e do seu projeto! Trabalhem para atingir o maior número de pessoas, transformando realidades. Afinal de contas, esse é o verdadeiro objetivo! 

Nós acreditamos que você é capaz! Conte com a gente nessa jornada, você já sabe: é pra isso que estamos aqui!!!

Até o próximo conteúdo,

Equipe Partyou