Esporte Universitário Eventos Universitários

Jogos Universitários: Do surgimento aos dias atuais!

Semana passada falamos sobre o carnaval universitário. Contamos um pouquinho dele e fizemos uma estimativa de gastos para você já se planejar para o próximo ano (estamos na torcida para rolar o carnaval). E agora chegou o momento do queridinho da galera: OS JOGOS UNIVERSITÁRIOS!!!

Ahhh, os jogos! Só de falar vem as lembranças e a saudade bate forte.

Então eu te pergunto: você sabe quando ocorreu o primeiro campeonato universitário?

Se você acha que é uma coisa atual, está enganado! De acordo com o CEMJ (Centro de Estudos e Memória da Juventude) há indícios de que as primeiras competições foram realizadas no final do século 19, por universidades de São Paulo. Mas o primeiro registro oficial foi com jogos universitários envolvendo estudantes do Rio de Janeiro e estudantes de São Paulo em 1916.

Assim, em 1933 criaram-se as primeiras federações. E em 1939 foi fundada a CBDU (Confederação Brasileira do Desporto Universitário), com o objetivo de organizar e estabelecer diretrizes para o esporte universitário.

Desde o começo a principal intenção era promover amizade, fraternidade, perseverança, integridade e cooperação. Coisas que, felizmente, estão muitooo presentes ainda nos jogos atuais.

Lógico que a competitividade está sempre presente também, mas no fim tudo vira integração.

Bora destrinchar mais a fundo o evento. 

Jogos universitários: Esportes

Jogos universitários: Esportes

Começando com o principal, o esporte. Para você que é atleta, não vão faltar opções. Pois a cada ano que passa só aumentam as modalidades, sendo das mais comuns as mais variadas como:

  • Futebol
  • Basquete
  • Natação
  • Vôlei
  • Softbol
  • Beisebol
  • Handebol
  • Futsal
  • Karatê
  • Jiu Jitsu
  • Judô
  • Tênis
  • Polo Aquático
  • Flag
  • Taekwondo
  • Tênis de mesa
  • Atletismo

Ufaa! São muitas as modalidades e olha que só citamos algumas. Mas o importante é que tem para todos gostos!

Jogos universitários: Bateria e Cheerleaders

Jogos universitários: Bateria e Cheerleaders

Partindo para outros tipos de competição que se encontram dentro dos jogos, vamos falar dos desafios de Bateria e de Cheerleaders.

Ambos têm um papel fundamental de animar a torcida e os jogadores no momento em que estão em quadra. E com o passar do tempo, ganharam espaço para a competição também.

Os desafios ocorrem durante o período dos jogos. Então se você se interessa por instrumentos musicais ou torcida, você vai ter seu espacinho especial no evento!

Spoiler: iremos falar mais sobre desafios de bateria nas próximas semanas.

Jogos universitários: Festas

Essas vêm roubando a cena e atraem todos os públicos. Por isso é cada vez mais comum ver estudantes de cursos e faculdades que não estão participando da competição. E isso é um problema? Definitivamente não! (Parece uma realidade paralela né? Mas antigamente, em 2019, quanto mais gente melhor hahaha)

As festas unem todos os estilos e todas as pessoas. Atletas, bateristas, cheerleaders e também quem vai lá só pra curtir. É o ambiente em que a rivalidade é esquecida e a integração rola solta. Música, open bar e amigos. Alguém precisa de mais alguma coisa???

Os jogos estão crescendo cada vez mais! E isso é só um reflexo da importância do cenário universitário. Falamos sobre esportes, desafios e festas, mas não podemos deixar de citar que tem diversos outros projetos por trás do evento, como causas sociais e ambientais.

E vale ressaltar também que falamos genericamente de como um jogo é. Mas cada competição tem sua singularidade. As modalidades, os desafios e as festas podem variar de acordo com o torneio, cursos e estado da faculdade. 

Conclusão

Jogos são eventos completos e magníficos, que contemplam diversas pessoas ao mesmo tempo. Então se você entrou na faculdade no meio da pandemia, não deixe de ir em um quando eles voltarem.

Ahh e se você leu bem, desde o final do século 19 rolam essas competições. Ou seja, seus bisavós e avós provavelmente já foram nos jogos kkkkkkkkkk