Uncategorized

“Partiu” ou “Paryou”?

A pergunta já passou na cabeça da maioria das pessoas que viu nosso nome estampado por aí. Tem quem pergunte se é pra pronunciar com sotaque britânico ou americano. Tem quem fale Partiou. Tem até quem chame de “Festa Você”, numa tradução literária e piadista do inglês “Party” + “You”. (A zueira, ela não tem limites).

Então, viemos fazer a nossa autodeclaração. Afinal, ninguém gosta que falem o seu nome “errado”, né?

Mas agente carrega uma mea-culpa. O nome, de fato, abre pra interpretações. É por isso, amigxs, que é hora de contar…

A nossa história

Era um vez, uma comissão de formatura que, como a maioria das comissões de formatura, enfrentava um problema: “Estava tudo muito caro e ninguém queria pagar”.

A frase é do Otávio Dutra, nosso CEO. Junto com sua amiga das antigas, Thaís, nossa COO, ele teve a ideia de fazer um portal onde formandos pudessem arrecadar dinheiro dos amigos e familiares pra conseguir pagar a festa.

A ideia não foi pra frente na época, mas ficou pairando em diversas ocasiões até que na viagem de fim de ano na casa do Rosa: “deu merda”.

“Foi O CAOS pra dividir as contas e, no fim, um monte de gente saiu no preju”, lembra a nossa COO, Thaís. E o pior? Sem saber de quem.

Não dava mais.

— Vâmo fazer essa parada aí pra gente não ter mais esse problema?
— Vâmo!

A sequência que se seguiu: Pedido de demissão. Montagem do business plan. Conversa com várias pessoas para validar a ideia. Check, check, check.

Brainstorming com os amigos para escolher o nome da empresa, regado a muita cerveja, claro. Otávio e Thaís queriam passar a ideia de partilha, de divisão… de dinheiro e de bons momentos com os amigos.

E eis que o amigo Felipe sugeriu: Partiu.

Um silêncio pairou entre os 10 amigos na sala da casa do Otávio e os olhares se encontraram como quem sabe que aquela foi a melhor ideia até então. E foi. Acontece que “Partiu” já existia :/

Mas eles não desistiram tão fácil. Estavam dispostos a continuar com a ideia, mudando um pouco o jeito de escrever. E foi assim que, em abril de 2016, surgiu a Partyou (lê-se partiu ;D).

Thaís e Otávio bem felizes na inauguração da Partyou

Três anos depois…

O negócio mudou um tanto desde aquela primeira ideia de rachar a grana pela internet pra pagar a formatura… mas não tanto assim. Passamos pelo processo de aceleração na Startup Farm e alinhamos nosso propósito ao que nossos clientes universitários mais precisavam.

Hoje, a Partyou ajuda várias associações estudantis a se organizarem melhor financeiramente e torna o dinheiro digital mais parte da vida dos estudantes.

Embora a gente a-do-re uma festa, não é pela“party” que a gente existe.
É para ser parte da sua vida e possibilitar que você compartilhe momentos com quem gosta💙

Partiu festa, partiu inter, partiu time, partiu churras em casa…
Partyou!

Quem lembra do lambe da nossa fonética no Engenharíadas 2018?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *