É hora dos “Bixos”! Afinal, Qual a Importância do Kit Bixo?
Atléticas Entidades Marketing

É hora dos “Bixos”! Afinal, Qual a Importância do Kit Bixo?

Início do ano chegando, resultado dos vestibulares saindo e a galera que já está na Universidade sempre se prepara para receber os “Bixos”, isto é, os calouros. Quer entender mais como funciona a recepção deles e a sua importância? Confere aqui!

Todos os anos os “Bixos”, como são chamados os calouros, são recebidos pelos veteranos. É um momento de muita emoção para ambos os lados.

Para quem passou, pela grande virada de vida e o nervosismo comv a matrícula, os novos colegas e as novas aulas. E para os veteranos, o momento de conhecer os novos estudantes, a nostalgia desse momento e a ansiedade de fazer os negócios nas entidades alavancarem.

Esse é um grande momento para apresentar diversos artigos para vender aos novos estudantes, através do Kit Bixo e recepcionar toda uma galera, até então desconhecida.

Recepção dos Bixos 2017 – FEA Ribeirão Preto

 

Mas porque essa é uma fase tão importante?

A maior importância ainda é o aprendizado. 

“O Kit Bixo é uma belíssima oportunidade para a gestão vigente da Atlética, e especialmente os “Bixos”, para entrarem em contato com um trabalho que exige extremo preparo, extrema organização, planejamento e, principalmente, capacidade de montar uma logística.” – nos conta Matheus Mesquita, Ex-Diretor Geral Administrativo da Atlética Poli USP.

Afinal, lidar com diversos fornecedores para o Kit Bixo demanda muita atenção e preparo. Basicamente, é exigida uma capacidade administrativa alta, liderança e senso de equipe. Tudo isso é muito importante para o desenvolvimento pessoal dos estudantes, assim como profissional.

É aquela velha história que a participação dentro das entidades ajuda muito no processo de amadurecimento dos estudantes.

Além disso, como sabemos, as entidades precisam movimentar os seus caixas e o Kit Bixo é uma ótima oportunidade para isso, pois é a principal entrada de dinheiro, principalmente para a Atlética. É exatamente no início do ano que a Atlética precisa pagar as principais competições que ocorrerão durante o ano, e o maior montante arrecadado no primeiro período provém da venda do Kit Bixo.  

E por final, os patrocínios. A venda dos kits são uma grande chance de contato entre os patrocinadores e os novos estudantes. É uma forma da entidade divulgar mais os seus patrocinadores, e também de entregar benefícios aos novos os estudantes, como com  o oferecimento de cupons para cursos e muito mais.

Essa fase é ideal  para agregar valor de marca para a entidade em questão, mas também de entregar aos calouros a oportunidade de terem itens exclusivos em relação àquele ano. É um jogo em que ambos os lados saem ganhando.

Kit Bixo AAAXO – 2019

 

O que muda com a matrícula online?

Nos anos passados, as matrículas eram presenciais. Para facilitar o processo burocrático das Instituições, elas começaram a ser online. Isto mudou um pouco (para não dizer muito) toda a organização de recepção dos “Bixos”, bem como a venda dos Kits.

Antes, a venda era feita no dia de matrícula presencial. Os novos alunos, quando iam confirmar a matrícula, já tinham contato com um stand de vendas dos Kits. Mas agora, a estratégia teve que ser alterada.

“A venda do Kit Bixo era muito boa na festa da matrícula, até que este ano eles cortaram a matrícula presencial, ficando apenas  a online. Isto é, o dia de maior apelo de uma das maiores entradas de caixa para as entidades acadêmicas foi cortada. Então, precisamos pensar em um molde que não fizesse diferença na receita final desse primeiro momento do semestre. A decisão foi focar em todo mundo trabalhar junto, todas as entidades – Grêmio, Atlética, etc – para ajudar na divulgação, deixando os “Bixos” sempre a par dessas vendas, pois perdemos esse poder de divulgação em relação ao Kit Bixo. Assim, tivemos uma postura mais focada, expondo as vendas e, no final, o retorno acabou sendo muito positivo!” – complementou Matheus.

Esse é um exemplo de como as entidades souberam se ajustar à mudança. O que é mais  um grande exemplo de gestão.

Bem, até aqui já deu para perceber como que esse novo ciclo que se inicia todo final e início de ano nas Universidades é um terreno fértil para novos negócios, novas amizades e muitas conquistas.

E você, como foi a sua recepção quando entrou na Universidades? Conta aqui pra gente.
E não esquece de seguir a Partyou nas redes sociais 😉 Até a próxima!

 

Leia também: Top 10: Histórias de Bixos e Bixetes

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *