Uma referência dos torneios universitários: O INTER!
Entidades Esporte Universitário Eventos Universitários

Uma referência dos torneios universitários: O INTER!

Uma referência dos torneios universitários, dentro e fora de quadra. Hoje nós preparamos um conteúdo especial e 100% dedicado ao Inter, também conhecido como InterUnesp. Você com certeza já ouviu falar do evento que transcende as barreiras universitárias e tornou-se um exemplo e referência no assunto Jogos! Por isso, separamos um lugarzinho especial para que você conheça um pouco mais sobre a história desse campeonato! 

Se você é integrante de uma Liga, Atlética, ou se você é apenas #TeamJogos e não perde um, é impossível não admirar O Inter, (assim como “ô Ilha solteira, parapapá, você é admirável). 

O formato é o mais tradicional dos Jogos universitários, onde 22 atléticas disputam o título de diversas modalidades, coletivas e individuais. Devido ao alto número de participantes, o Inter também varia as suas cidades sedes, entretanto, sempre acontecendo na cidade de um dos campus da Unesp.

Todavia, nós acreditamos que você já sabe muito bem o que apresentamos nessa introdução. Por isso, vamos mergulhar um pouco mais fundo na história do Inter e entender os motivos do evento ter se tornado uma referência dos torneios universitários.

Uma referência dos torneios Universitários: Como tudo começou.  

Na década de 70, isso mesmo, DÉCADA DE 70, a reitoria da Unesp criou os “Jogos Unesp”. Eles foram reelaborados pelo DCE “Helenira Rezende” juntamente com a própria reitoria da Universidade, que a partir de 1986, se encarregou da organização do Torneio. Logo de cara, já percebemos o quanto de história O Inter acumula. Claro, em suas primeiros edições o torneio provavelmente possuía moldes e proporções diferentes dos quais conhecemos atualmente, entretanto, é impossível não se admirar com o surgimento do evento há mais de 40 anos. 

Todavia, em 1998 o torneio foi suspenso por motivos desconhecidos. Devido à essa pausa na realização, em 2000 membros das principais Atléticas da época se reuniram para organizar por parte dos estudantes o torneio, já que a reitoria não se posicionava. 

Em 2001, na cidade de Botucatu (que também foi a campeã geral do campeonato), aconteceu a primeira edição dos jogos, sendo que as atléticas de Araraquara, Bauru, Botucatu, Franca, Guaratinguetá, Ilha Solteira, Presidente Prudente e Rio Claro foram responsáveis pela fundação do InterUNESP como é conhecido hoje.

Ou seja, é imprescindível reconhecer o trabalho das Atléticas na história do campeonato. Por isso, queremos que você também seja incentivado a fazer parte da entidade esportiva da sua faculdade. Conduzir projetos, organizar eventos, ajudar e participar dos times. Já pensou que se essas atléticas não tivessem se mobilizado, talvez a história do Inter fosse outra? As atléticas fizeram dele uma referência dos torneios universitários! RESPECT!  

Além disso, também gostaríamos de enaltecer o crescimento do Inter ao longo dos anos. Saber observar essa evolução, é gerar inspiração para todas as entidades estudantis! Não é porque sua festa ou projeto nasceu pequeno, que ele não poderá crescer. Por isso, se tem uma ideia na cabeça, manda bala!  

Como curiosidade, deixamos aqui uma tabela com todas as edições do Inter desde 2001:

Tabela: edições do Inter desde 2001
Edições do Inter desde 2001

Uma referência dos torneios Universitários: Esporte e Integração.

E como nem só de esporte vive um jogos, não podemos deixar de falar sobre a evolução do torneio no quesito integração! Como geral sabe, além das disputas o Inter se tornou uma referência dos torneios universitários também por suas baladas noturnas, e a tenda. 

Nos últimos anos, nomes de peso do cenário artístico e musical passaram pelo evento, fazendo dele além de um torneio, um festival, agregando diferentes tribos. 

Essa organização do evento ainda se expande para a cerimônia de abertura, que tem aquele “que” de Jogos Olímpicos. E como estamos vivendo Tokyo, você bem entende todo o sentimento que existe por trás desse momento. 

E falando sobre integração, fica impossível não citar o famoso Desafio de Baterias do Inter. Um ginásio lotado com cores, hinos e muita torcida, marcam esse momento do evento. Nós até recomendamos que você procure por vídeos no Youtube, porque é realmente bonito de ver. Além das baterias, é possível assistir também a apresentação de Cheers das universidades. 

Olha quanta coisa acontece em 4 dias de jogos. Esporte, bateria, Cheers, festa, tenda. Isso também justifica a participação de empresas de Arbitragem e de Eventos que possibilitam a execução do torneio. Essa necessidade se dá principalmente pelo fato das atléticas também se responsabilizarem por suas delegações, alojamento e locomoção. 

Por isso nós sempre defendemos com unhas e dentes a galera que está a frente da organização dos jogos. Nessa breve descrição, você já pode refletir um pouco sobre a intensa dinâmica desses dias e todas as tarefas que os atleticanos e atleticanas desempenham. Lembra quando falamos sobre a importância das entidades estudantis na sua vida? (Nós falamos isso todo dia, risos).

O Inter Araraquara 2018
O Inter Araraquara 2018. Imagem: Indie Click e Criativa e Atmosfera Agência

Uma referência dos torneios Universitários: Impacto Social

Nós acreditamos no esporte universitário. Além de tudo que ele promove, a Liga do Inter tem um forte trabalho social. Trabalhando sempre para tornar o ambiente dos jogos acolhedor e também deixar marcas positivas nas cidades em que o evento passa, os projetos do Inter são um exemplo a ser seguido! Muito mais do que esporte, festas e integração, estamos falando de consciência e impacto social por parte dos estudantes. 

O retorno.

A chegada da pandemia marcou o primeiro ano sem a realização do Inter nos seus moldes tradicionais. Mas claro, a Liga se adaptou e não deixou o momento passar em branco! Mais um sinal do incrível trabalho que é desenvolvido por parte das Atléticas.

Unespiano ou não, quem não está ansioso pra esse retorno hein? Só de ler esse conteúdo já deu vontade de tirar o abadá e a samba do armário e fazer aquela mala desesperada por um Jogos! 

E claro, para um retorno acontecer, é preciso continuar respeitando as medidas de prevenção e se vacinar! Ta passada? Porque tudo que a gente quer é a danada da vacina no braço e a caneca pendurada no pescoço! 

Em suma, esse é um breve resumo da história do Inter, visando enaltecer o evento e também motivar atléticas e entidades para continuarem sempre o seu trabalho. Tudo nasce de uma ideia, e ao longo dos anos, pode tomar maiores proporções. 

Estamos contando os segundos para viver os jogos de novo!

Até mais!

Equipe Partyou!

0 0 votes
Post Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments